fbpx

Nosso Blog

Como quitar dívidas empresariais com o suporte de um ERP?

Como quitar dívidas

Está precisando de dicas e ideias sobre como quitar dívidas da sua empresa? Então você está lendo o artigo certo! Mas, antes de tudo, cabe destacar que ter dívidas empresariais não é algo ruim.

Criar dívidas também têm o seu lado positivo. Afinal, isso significa que sua empresa está crescendo, adquirindo ativos e financiamentos para expandir os negócios. 

Contudo, os problemas surgem quando os gestores têm dificuldades para quitar os pagamentos. 

Se isso acontece com a sua empresa, continue lendo este artigo e confira 3 formas de quitar dívidas, inclusive tendo como aliado um ERP para varejo. Acompanhe! 

Como quitar dívidas com um mapeamento completo

O primeiro passo para iniciar o planejamento de pagamento de dívidas é analisar as contas da sua empresa. 

Mas não é uma análise qualquer: é uma análise profunda, com um mapeamento completo das dívidas já contraídas. 

Então, levante todas as compras, pedidos de empréstimos, financiamentos, pendências com fornecedores, entre outras coisas. Em seguida, anote tudo isso em uma planilha, de preferência, inclua esses dados em um ERP para varejo.

Em seguida, o sistema de gestão de varejo ajudará na elaboração de relatórios gerenciais que podem auxiliá-lo no checklist das dívidas. 

Elimine ou reduza gastos desnecessários

Essa é mais uma etapa de como você pode quitar as dívidas da sua loja, independente do seu tamanho.

Avalie com calma as compras que realiza para sua empresa. Logo, essa medida pode ajudar a reduzir em até 30% as despesas fixas do seu negócio. 

O corte de gastos desnecessários pode se estender desde os itens básicos de limpeza até as aquisições de equipamentos com pouca demanda de uso. 

Além disso, indicamos também que você elabore um planejamento financeiro que leve em conta as prioridades de pagamento. Ou seja, pague primeiro o que é essencial e depois quite as contas que podem esperar (não geram multas ou maiores prejuízos). 

Renegociar contratos bancários

Acesse os dados e informações financeiras que você cadastra em seu ERP para varejo, principalmente os contratos com bancos.

Por vezes, os gestores e diretores deixam de prestar atenção a cláusulas importantes, que dizem respeito à cobrança de multas e juros.

E isso, de fato, é um grande erro! Muitos bancos cobram juros abusivos, o que exige um verdadeiro pente fino nos contratos que você possui. 

Por isso é importante reavaliar as cláusulas, se possível, procurar o banco financiador para renegociar dívidas. Na negociação vale tentar prazos maiores de pagamento ou redução de juros e taxas. 

Sua empresa não utiliza um ERP de varejo? 

Isso pode estar afetando a forma como gerencia seus negócios, pois faltam dados para as tomadas de decisões.

Por isso, te convidamos a conhecer o Storeware, um software de gestão que projetamos para facilitar a gestão da sua empresa de varejo.

Entre em contato com a nossa equipe comercial e descubra como o Storeware ERP de varejo pode ser um valioso aliado na gestão do seu negócio e no pagamento de dívidas. 

Fale conosco!

Gostou do conteúdo? Siga nosso perfil no Instagram

Para mais artigos como este? Acesse!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp