Saúde mental: como cuidar do meu pet durante a pandemia?

medida para evitar a disseminação do Coronavírus. Não é fácil ficar em casa todo esse tempo, até mesmo nossos fiéis companheiros sofrem com a quarentena. Mas como cuidar do meu pet durante a pandemia?

Assim como a nossa, a rotina dos pets foi diretamente afetada, por essa razão eles podem ficar mais nervosos do que o habitual. O que fazer então para cuidar da saúde mental dos nossos bichinhos de estimação? Vamos conferir as principais medidas.

Convívio com os pets

O Organização Mundial da Saúde (OMS) esclarece que cães e gatos não são afetados pelo Covid-19 e nem têm capacidade de transmitir o vírus para humanos. No entanto, é preciso tomar certos cuidados com a higiene.

Os pelos e patas dos animais podem carregar o vírus se entrarem em contato com alguém contaminado ou alguma superfície. Caso alguma pessoa da família for detectada com o Coronavírus, ela deve cumprir a quarentena e evitar o convívio com os pets nesse período.

Higiene redobrada

Antes e depois de brincar com o bichinho, lave bem as mãos para ter mais segurança. Se por qualquer motivo o animal tiver que sair de casa, lave bem as patinhas dele ao retornar. O ideal é higienizar com água e sabão, que mata completamente o vírus. Álcool em gel só para os donos, já que ele pode ressecar as patas dos animais.

Outra medida de proteção é usar os sapatinhos nas patas na hora do passeio, por exemplo. Quando voltar, retire e lave antes de entrar na casa.

Hora do passeio

O passeio é importante para abaixar o nível de estresse e para a socialização, principalmente dos cachorros. Porém, é aconselhável reduzir ao máximo a frequência dessa atividade para evitar que o bichinho tenha contato com alguém infectado.

Se precisar sair com seu cãozinho, prefira passeios mais curtos e rápidos em locais abertos sem aglomeração. Mantenha a distância de outras pessoas e cães e faça a higiene das patas e focinho quando voltar para casa.

Carinho e atenção nunca é demais

Os animais são bastante sensíveis à mudança de rotinas. Na quarentena, o número de passeios vai diminuir, assim vão ficar com mais energia acumulada. Reserve uma hora do dia para brincar com o bichinho, faça exercícios com eles, pode até oferecer alguns brinquedos novos para distraí-los e gastar mais energia.

Além de tudo isso, o principal nessa hora é dar muito carinho e amor para amenizar a ansiedade deles e nossa também. Aproveite o momento de convivência mais intensa para fortalecer os laços com os animais.

Ida aos petshops e veterinários

Caso precise ir até uma clínica veterinária, o ideal é agendar um horário previamente por telefone e que somente uma pessoa leve o animal e tome todas as precauções necessárias de higiene.

Os petshops e clínicas veterinárias são serviços indispensáveis para a saúde dos pets, estas foram as nossas dicas de como cuidar do meu pet durante a a pandemia.

Para o veterinários, nossa dica é: nesse momento, oferecer um atendimento de qualidade e eficiente ao cliente se tornou ainda mais fundamental. Acesse o nosso blog e conheça os benefícios que um sistema de gestão pode trazer ao seu estabelecimento. Que tal compartilhar esse artigo com seus clientes?

Arquivos

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin