Nosso Blog

ERP gestão de caixa: montando um fluxo de caixa com praticidade

A gestão financeira efetiva de uma empresa contribui para a “saúde” empresarial como um todo. Sendo assim, quando tarefas como o controle de fluxo de caixa são realizadas de modo eficiente, isso reflete os bons resultados nas demais áreas da empresa. 

Então, para promover melhorias na gestão de caixa do seu negócio, uma dica é a utilização de um ERP de gestão de caixa. Ou seja, com um sistema automatizado, é possível criar e medir estratégias mais assertivas para a empresa.  

Quer saber como montar um fluxo de caixa com mais praticidade tendo o suporte de um ERP de gestão de caixa? Continue lendo este post da WBAGestão

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é o movimento de entradas e saídas do caixa da empresa. Assim, abrange tudo o que a empresa recebe ou paga. 

Logo, para que ocorra um bom controle de fluxo de caixa, os gestores devem registrar, de forma detalhada, todos os ganhos e despesas. E, nisso, entram todas as formas de ganhos, incluindo o que está retido em forma de estoque de produtos.

Além disso, pode realizar o controle semanal, quinzenal ou mensal do fluxo de caixa, dependendo do volume de ganhos e despesas de uma empresa ou loja. 

Fluxo de caixa projetado

O sucesso do seu negócio está ligado a realidade financeira da empresa. E você já sabe como a gestão de caixa tem papel fundamental nisso. Mas esse tipo de controle não apenas ajuda a saber mais sobre a movimentação de dinheiro na empresa.

Além disso, o que chamamos de fluxo de caixa projetado também ajuda a fazer as projeções financeiras. Sendo assim, as projeções financeiras, obtidas a partir dos relatórios elaborados por um sistema de gestão automatizado, possibilitam o planejamento de ações futuras com base nos resultados do fluxo de caixa projetado.

Como tornar o controle do fluxo de caixa mais eficiente com um sistema de ERP gestão de caixa

É muito comum que as pequenas empresas façam a gestão do caixa com auxílio de planilhas. Porém, o ideal é implementar um sistema de gestão por conta do crescimento das vendas e das demais operações da organização. 

Afinal, a aplicação de uma ferramenta tecnológica torna a gestão financeira mais completa, permitindo análises precisas com base em relatórios automatizados. 

Além disso, é bom enfatizar também que toda movimentação financeira ocorrida em uma loja, empresa ou estabelecimento gera um registro. Por consequência, todos os lançamentos devem ser feitos, independente do valor da nota emitida ou do período de concretização dos ganhos ou perdas. 

Com um software de gestão como o Storeware, da WBA, a gestão dos documentos demanda menos tempo. Além disso, o software mantém os registros atualizados, organizados, armazenados  e com fácil acesso. 

Entendido isso, veja o que fazer para criar um eficiente fluxo de caixa em seu estabelecimento:

5 passos para criar seu fluxo de caixa

  • Cheque o saldo inicial da empresa: avalie quanto de dinheiro seu empreendimento possui em caixa;
  • Faça a classificação de todas as despesas e de todas as receitas – esta etapa permite identificar custos, ajudando a reduzi-los ou eliminá-los;
  • Faça o lançamento de todas as entradas de caixa do período (semanal, mensal, trimestral). No caso do fluxo de caixa projetado, considere 12 meses;
  • Registre todas as saídas de caixa do período;
  • Atualize e corrija os lançamentos.

Realize todas essas tarefas com um sistema completo como o Storeware! 

Fale conosco e saiba como o nosso software pode promover melhorias na gestão de tarefas e de processos em sua empresa! 

Para mais dicas acesse nosso Instagram http://instagram.com/wbagestao

Para mais artigos como esse, acesse aqui!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp