Nosso Blog

Como fazer um bom controle de estoque na integração entre loja física e virtual?

Para toda necessidade, há uma loja virtual te esperando: mais prática, mais rápida, talvez até mais segura,e a integração entre loja física e virtual pode te ajudar a crescer mais ainda.

Mas ela nunca vai superar o sabor da loja física, local de encontros e oportunidades para conhecer mais de perto os diferentes produtos e serviços oferecidos. Uma experiência de compra mais sensorial que o e-commerce ainda não proporciona. Um bom controle de estoque entre a loja física e a virtual, pode ajudar sua empresa decolar tanto no físico quanto no mundo online.

Seja como for, o comércio tem de estar voltado para ambos os locais. Oportunidades de negócio tanto em lojas físicas, quanto virtuais são essenciais para aumentar as vendas, gerar mais autoridade e reconhecimento da marca.

Quais os desafios no inicio?

Um dos principais desafios para manter essa estrutura online é quanto ao controle do estoque que abarque os comércios em ambas as plataformas. Uma gestão ineficiente pode ir para o caminho oposto ao sucesso, levando ao:

– Descontentamento de clientes;
– Ausência de produtos;
– Perca do controle das finanças.

Neste artigo, separamos algumas sugestões e ideias de como manter seu controle de estoque ativamente em ordem. Vamos lá?

Organização e atualização de dados

“Nunca deixe para amanhã o que você pode fazer hoje” é uma premissa básica dentro de um comércio. Assim, nunca deixe acumular informação para atualizar seu sistema de controle de estoque, pois os números mudam rápido e uma má gestão pode acarretar problemas como ausência de produtos no estoque, que não estão descritos no site.

Dessa forma, sempre coloque na ponta do lápis, ou melhor, na ponta do mouse, todos os detalhes dos seus produtos, como:

– Quantidades;
– Fluxo de entrada e saída;
– E outras informações pertinentes.

2 – Apresente os documentos

Os marketplaces podem estar disponíveis para qualquer empreendimento, mas ainda requerem um cadastro formal para conferir legalidade à venda e evitar responsabilidade jurídica. Neste processo são pedidos documentos da loja que devem ser enviados digitalmente para a plataforma.

Cada um possui seus próprios requerimentos, então a lista completa pode variar. CNPJ e e-CNPJ são requisitos padrões. Além destes, CNAE, Certidão Negativa de Débitos, Sintegra, Declaração de Regime de Tributação e Comprovante de Inscrição Estadual são frequentemente necessários.

Uma vez que enviou tudo, não tem jeito, é preciso esperar a aprovação. O tempo varia de acordo com a política da plataforma, pode levar 1 dia ou 1 mês. É uma etapa bastante burocrática, mas que diminui índice de fraudes e traz mais credibilidade para a plataforma e para a sua loja.

3 – Cadastre os produtos

Uma vez aprovado, você pode colocar seus produtos à venda no marketplace. Em geral, a sua empresa envia os dados dos produtos para a plataforma, que pode ter um processo de verificação dos mesmos, para então disponibilizarem no site. O método de cadastro dos produtos varia dependendo da estrutura digital do seu negócio.

4 – Crie anúncios

A primeira situação é caso você ainda não possua estrutura de loja virtual. Neste caso, você precisará providenciar fotos de todos os produtos que deseja vender no marketplace. É importante que as imagens tenham qualidade para atrair os consumidores. Além disso, você precisará de descrições para cada um, de forma a apresentar seus produtos com detalhes para não gerar dúvidas.

5 – Integre a sua loja online

A segunda possibilidade é mais simples. Caso o seu negócio já possua uma loja online, você não precisa cadastrar cada item individualmente mais uma vez. Sistemas de gestão de venda online permitem que você use as mesmas informações para qualquer plataforma, reduzindo o trabalho e facilitando a organização.

Depois de executar estes passos, a sua loja estará pronta para vender no marketplace, e você terá um bom controle de estoque com integração entre loja física e virtual

A partir deste ponto, é esperar os novos clientes e enviar os produtos de acordo. Para melhorar a organização de sua loja com o marketplace, conte com um sistema de gestão adequado.

Gostou? Veja mais artigos como esse:

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp