Nosso Blog

Como lidar com preços competitivos das lojas maiores

Como lidar com preços competitivos das lojas maiores

Ter preços competitivos pode fazer toda a diferença para o seu negócio, atraindo a atenção de novos consumidores. Mas nem sempre é fácil para os pequenos varejistas lidarem com a concorrência. Ainda mais quando os preços competitivos no varejo partem das grandes marcas. 

Contudo, é importante lembrar que grandes varejistas no mercado também começaram mais tímidos. E, ao longo do tempo, deram passos mais largos para atingir o sucesso e o crescimento empresarial.  

Pensando nisso, veja como alcançar preços mais competitivos para poder “brigar” com seus concorrentes de igual para igual!

Preço competitivo no varejo é tudo? Talvez não!  

De fato, há um enorme engano ao pensar que ter preços mais baixos é a única coisa que destaca a sua marca do concorrente. 

Já pensou que existem muitos clientes dispostos a pagar mais, desde que se sintam plenamente satisfeitos com o produto ou serviço? Isso significa que o sucesso está além do preço, que é apenas um dos 4Ps do marketing.

Além disso, cabe entender que seu pequeno ou médio negócio pode competir com outros players do mercado em seu segmento de atuação. 

Afinal, eles também começaram pequenos e puderam crescer no decorrer da jornada, provando que nada é impossível quando se tem foco e estratégia. 

E já que estamos falando de estratégias para chegar aos preços competitivos, vamos a elas, então! 

4 formas para se destacar da concorrência e ainda ter preços justos

Além de ficar de olho nos concorrentes, você pode adotar algumas medidas em sua empresa, que vão ajudar a fortalecer suas operações comerciais: 

Analise seus custos

Mantenha-se informado sobre seus custos. Antes de considerar aumentar ou diminuir os preços, analise os custos envolvidos na produção de seus bens ou serviços. 

Sendo assim, avalie várias questões, desde a fabricação até o marketing e os custos com a folha de pagamentos. 

Em seguida, faça cálculos e verifique se os preços cobrados contam com margens de lucro justas. Por exemplo: algo entre 20-40% acima do valor de custo é considerado um bom retorno.

Não ignore seus concorrentes!

Tente descobrir tudo o que for possível sobre seus concorrentes diretos e indiretos: 

  • Produtos oferecidos; 
  • Preços praticados no mercado;
  • Condições de pagamento;
  • Diferenciais de atendimento e de divulgação;
  • Serviços diferenciados e que agregam valor ao produto.

Faça pesquisas por sites e converse com fornecedores. Isso certamente vai ajudá-lo a adequar suas ofertas de acordo com o seu nicho de mercado. 

Seja exclusivo

O que isso significa? Você pode escolher atender um nicho que nenhuma outra empresa atende bem. Ou pode criar sua loja ou estabelecimento em um bairro onde não há concorrentes. 

E se puder oferecer produtos exclusivos, que seus clientes se encontram em sua empresa, melhor ainda! 

Invista na tecnologia de um ERP para varejo

Negócios digitalizados são mais fortes, porque são mais ágeis e precisos na gestão das operações de vendas. Por isso, invista em um ERP de varejo para automatizar tarefas, otimizar seu tempo e poder focar nas ações de captação de clientes e de vendas. 

Além disso, você é beneficiado com uma visão mais ampla do seu negócio ao contar com um ERP de varejo e com outras tecnologias extras. Outra boa notícia é que existem softwares de gestão e outras plataformas para pequenas e médias empresas.

Assim, você não precisa pagar muito caro para administrar seu varejo com a máxima eficiência.

Já conhece o nosso ERP de varejo? Entre em contato com a gente e solicite demonstração e orçamento sem compromisso! 

Acompanhe todas as novidades pelo nosso Instagram https://www.instagram.com/wbagestao/

Quer ver mais artigos como esse?

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp